Por mais um mês energia elétrica lidera ranking de reclamações do Procon

Primeira Hora 07 de outubro de 2016 5393 visualizações
Compartilhar    


O Procon Estadual registrou 2.411 atendimentos em setembro. Por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram 1.696 registros, enquanto que pelo atendimento online – http://www.consumidor.gov.br – foram 715 reclamações em Mato Grosso.

 

No Sindec, o campeão de reclamações foi a categoria “Serviços Essenciais”, com 803 registros. Liderando o setor está “Energia Elétrica”, com 281 atendimentos, seguido por “Água e Esgoto”, que teve 265 registros. A terceira posição ficou com “Telefonia Celular”, com 161 reclamações.

 

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo setor “Assuntos Financeiros” com 318 reclamações, registrando 108 procedimentos para a categoria “Banco Comercial”, 63 para “Cartão de Crédito” e 56 para “Cartão de Loja”.

 

A área “Produtos” está em terceiro lugar do ranking, com 250 atendimentos: 55 para a categoria “Telefone” (convencional, celular, interfone, etc), 19 para “Móveis para Quarto" e 12 para “Geladeira e Freezer".

 

Já o setor “Serviços Privados”, com 246 registros, ocupa a quarta posição, com 66 procedimentos para “TV por Assinatura” (cabo, satélite, etc), 44 para “Escola” (pré, 1º, 2º graus e superior) e 38 reclamações para a categoria “Estabelecimento Comercial” (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc).

 

O setor “Saúde” está em quinto lugar, registrando 36 reclamações, seguido pelo setor de “Habitação” com 28 reclamações. A última posição do ranking é ocupada pela categoria “Alimentos”, que teve 15 registros.

 

Integram o banco de dados do Procon estadual os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, da Assembleia Legislativa e do Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping.

 

Atendimento online

 

Por meio da plataforma www.consumidor.gov.br, foram registradas 715 reclamações em Mato Grosso. A área “Telecomunicações” lidera o ranking, com 330 registros; em segundo lugar estão os “Serviços Financeiros”, com 220 reclamações; e em terceiro, “Produtos de Telefonia e Informática”, com 81 registros.

 

Em quarto lugar está “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos” com 33 registros. “Demais Produtos” ficou na quinta posição do ranking, com 23 reclamações, seguido de “Transportes”, com 11. Ocupando a sétima posição está a categoria “Demais Serviços” com nove registros, seguido de “Saúde” com quatro reclamações (oitava posição).

 

As categorias “Alimentos”, “Educação”, "Água, energia e gás" e "Turismo/Viagens" ficaram empatadas com um registro apenas. A categoria “Habitação” não teve reclamações registradas no mês de setembro na plataforma www.consumidor.gov.br.

 

 

Imagens

Comentários

Veja também

Geral
Trotes nos telefones de emergência aumentam 45%
Os trotes aos telefones de emergência da segurança pública aumentaram 45% nos cinco primeiros meses de 2017 em Mato Grosso. Os dados foram divulgados ontem (25) pela Secretaria...
26 de junho de 2017
Geral
34º Concentração do Apostolado da Oração movimenta a Paróquia de Nova Mutum
Teve inicio na manhã desta sexta-feira, o 34º Congresso Diocesano do Apostolado da Oração na Paróquia Sagrada Família em Nova Mutum, o evento reúne...
23 de junho de 2017
Geral
Presidentes de câmaras no Médio Norte se reúnem com Taques; Politec confirmada em Nova Mutum
O governador Pedro Taques se reuniu, no Palácio Paiaguás, com presidentes de câmaras municipais de 11 cidades no Médio Norte para tratar de soluções aos...
23 de junho de 2017
Geral
Jovem de 18 anos morre após colisão de moto e caminhão em rodovia federal
Um estudante identificado como Leonardo Jadson Ramalho, de 18 anos, morreu vítima de um acidente registrado na BR-070, nas imediações do Distrito Industrial de Campo Verde, a...
22 de junho de 2017
Geral
Médico que chorou pelo Hospital de Sorriso é homenageado com moção de aplausos em SP
O choro agonizante do médico Roberto Satoshi, que se desesperou com a situação do Hospital Regional de Sorriso, no mês passado, ganhou repercussão em todo o...
22 de junho de 2017